Silicone nos seios (Mamoplastia)

Implante de silicone nos seios

Atualmente muitas mulheres buscam aperfeiçoar sua aparência seja para se sentirem bem consigo mesmas ou se adequar aos padrões sociais estabelecidos, e para isso, a grande maioria recorre aos implantes de silicone, em especial nos seios, também chamado mamoplastia.

A grande maioria das mulheres que desejam realizar a mamoplastia de aumento o faz justamente por se incomodarem com o tamanho natural de seus seios, outra parcela escolhe realizar a cirurgia nos casos em que há flacidez nas mamas por conta de perda de peso ou amamentação após uma gravidez. Ainda algumas mulheres com assimetria nos seios podem se beneficiar com a cirurgia.

Vejamos agora como esse procedimento é realizado e os cuidados necessários a serem tomados antes e depois da cirurgia.

Indicações e contra indicações para realização da cirurgia de implante de silicone

Muitas mulheres ficam em dúvidas se seu caso é adequado para a realização da colocação da prótese de silicone, assim, vejamos como cada uma poderá analisar sua situação individual.

Primeiramente, é necessário que o desenvolvimento mamário esteja completo. No caso das pacientes mais jovens, ainda é importante salientar que a escolha de colocação da prótese deve ser feita de maneira consciente, madura, pois em sua grande maioria, as cirurgias plásticas ocasionam mudanças irreversíveis no corpo das pacientes. Também é importante não criar expectativas extraordinárias sobre os resultados a serem obtidos, porque ainda que muitas mulheres queiram aumentar bastante o tamanho dos seios, muitas vezes isso não é o mais adequado no caso da paciente em questão.

Sobre os casos a serem repensados para a colocação da prótese de silicone nos seios, é importante destacar que o implante não é indicado para mulheres com histórico familiar de câncer, pois ainda há certa dúvida na comunidade médica em relação a possibilidade de limitação na detecção do câncer em determinados casos, bem como aqueles em que a paciente possui alguma doença autoimune ou mesmo HIV, pois algum estresse traumático, como uma cirurgia estética, neste caso, poderia limitar o sistema imunológico.

modelos silicone

Quanto custa colocar silicone nos seios

O valor da prótese em geral é cobrado à parte do valor da equipe cirúrgica e fica atualmente em torno de R$ 2.100 a R$ 3.000, sendo variável de acordo com a região em que esta é comprada.

O valor da equipe médica e hospital contudo, é inconstante, pois alguns cirurgiões plásticos de renome podem cobrar um valor mais alto em comparação a médicos mais novos no mercado, e alguns hospitais contam com uma estrutura melhor em relação a outros.

Receios ocasionais antes da realização da cirurgia plástica de implante de silicone nos seios

Algo que deixa muitas pacientes ansiosas quanto ao procedimento cirúrgico de implante de silicone nos seios é como será ajustada a prótese nos seios, que é variável a cada paciente, tendo em vista a necessidade de se analisar a fragilidade da pele, bem como quanto tecido mamário cada paciente já possui, assim sendo um assunto a ser primariamente discutido com seu médico.

  • A rejeição da prótese ocorre muito raramente, sendo ainda infrequente que ocorra a contratura capsular, que consiste em uma maior cicatrização do organismo da paciente em volta da prótese de silicone, fazendo com que esta mude seu formato original.
  • As estrias também não ocorrem com frequência devido ao fato de que o médico em geral saberá adequar o tamanho e o peso da prótese ao caso da paciente. Bem como se recomendará desde a primeira consulta o uso frequente de cremes na área para ajudar na maior elasticidade da pele.
  • Quanto a perda de sensibilidade no local do implante, isto só ocorrerá muito raramente. O que acontecerá provavelmente na maioria dos casos é apenas uma redução na sensibilidade nos seios após a cirurgia, que voltará ao longo de alguns meses.

Exames solicitados para realização da cirurgia de implante de prótese de silicone

Serão solicitados aqueles exames pré-operatórios habituais, como hemograma e eletrocardiograma, bem como os específicos para a mama, como ultrassom e mamografia.
Incisão para colocação da prótese de silicone

O corte onde será localizada a cicatriz da prótese de silicone também é um assunto que deixa muitas pacientes preocupadas, pois seu desejo é que esta fique o menos visível possível, de forma que a incisão para a colocação da prótese poderá ser feita através de um corte de no mínimo 4 centímetros, logo abaixo dos seios (procedimento mais realizado), por um corte realizado exatamente ao fim da auréola e os seios ou ainda pela axila da paciente.

Como mencionamos, a incisão realizada logo abaixo dos seios ou sulco mamário é o método mais realizado, por ser considerado o que menos trará riscos a paciente, pois não há o perigo de romper com o canal que possibilitará a amamentação futura no caso da incisão ser feita na auréola, bem como é mais fácil posicionar a prótese de silicone do que nos casos em que o corte é realizado na axila da paciente, caso este a ser indicado na maioria das vezes a pacientes com propensão cicatrizado tipo quelóide.

Modelos de prótese de silicone nos seios

O modelo da prótese deverá ser escolhido juntamente com o médico, que analisando o perfil da paciente poderá dar uma melhor indicação, contudo, pode-se destacar que o mais utilizado é o perfil redondo, no qual os seios não irão ao longo do tempo ceder ou a auréola poderá inclinar-se para baixo, contudo, existem ainda, como mais utilizados, os formatos cônico e em gota, usado na maioria das vezes em pacientes que são mais maduras em relação as mais jovens.

Deve-se ainda ser escolhido o perfil utilizado para a prótese, sendo este o baixo, o moderado, o alto ou o extra alto, que variará de acordo com o biotipo de cada paciente e a elasticidade de sua pele.

Entretanto os perfis mais escolhidos são o alto ou extra alto, por valorizarem mais o colo das pacientes em comparação com o baixo e o moderado que proporcionam maior discrição.